Carregando
+55 11 3031-6624
A MAGNO dá suporte às empresas em situações que fogem à condução normal dos negócios.
ROBERTO LIMA FALA NA HOSPITALAR 2015Roberto Lima fala sobre os principais desafios econômicos do setor hospitalar do Brasil.

O fundador da Magno Consultores, Roberto Lima, teve atuação importante no debate travado em fórum da feira Hospitalar 2015 sobre os principais desafios econômicos do setor hospitalar do Brasil. A Hospitalar é o maior evento do setor nas Américas e foi realizado durante a semana de 18 de maio no Expo Center Norte, em São Paulo. Durou quatro dias, contou com 1250 expositores representando 34 países e recebeu mais de 90 mil visitantes.

 

Lima, que já conduziu diversos projetos de reestruturação para empresas nos diversos setores de atividade, inclusive de saúde, tem se aproximado mais ainda do setor. Ao lado do presidente da L+M Gets, Lauro Miquelin, e do consultor em hospitalidade Marcelo Boeger, o fundador da Magno lembrou que o setor de saúde pode estar às vésperas de um “tsunami” empresarial, com a tendência de que, após a liberação oficial para que estrangeiros assumam o controle ou participações acionárias em hospitais, ocorra uma grande troca de posições envolvendo não somente hospitais, mas também clínicas, laboratórios e demais empreendimentos do setor saúde.

 

Em sua opinião, agora, mais do que nunca, é fundamental que as empresas estejam prontas para as mudanças que devem ocorrer. Lima recordou que pode ocorrer com os hospitais o que houve com o setor de ensino superior. Até anos atrás, a maior empresa do setor contava com cerca de 130 mil alunos. Hoje, a líder da atividade – como resultado de uma sucessão de aquisições e fusões -- tem um quadro de 1,5 milhão de alunos e valor de mercado de cerca de US$ 20 bilhões. Enquanto isso, esse movimento de consolidação já chegou à área hospitalar, com a Rede D’Or, que acumulou 28 hospitais e valor de mercado de cerca de R$ 19 bilhões, tendo acabado de ceder parte minoritária do capital para um fundo estrangeiro.

 

Outra mudança em curso envolve o caráter dos empreendimentos. Os empresários e dirigentes de hospital devem deixar de lado a mentalidade de operadores, de membros de sociedades de trabalho, para a condição de empresários, numa visão moderna. A questão central do setor, segundo Roberto Lima, é a mudança de patamar na gestão. As empresas devem ter processos definidos, gestores capacitados e estrutura financeira adequada. Não há no setor problema de falta de demanda, ao contrário a demanda cresce solidamente. Mas as empresas precisam estar prontas para assumirem concorrentes ou serem vendidas para integrar grupos mais fortes.

 

(preparado por Floreal Rodriguez)

<< Voltar
A MAGNO dá suporte às empresas em situações que fogem à condução normal dos negócios.
Magno Consultores Empresariais Ltda.
Rua Deputado Lacerda Franco, 300 – cjto 181
Pinheiros – São Paulo / SP - CEP 05418-000
contato@magno.com.br
Fone: +55 11 3031-6624
Fax: +55 11 3034-4562
© Magno Consultores - Todos os direitos reservados.